4scp

Tem início no próximo dia 1 de novembro, na Cinemateca Distrital de Bogotá, a 4ª Semana de Cinema Português, produzida e programada pela Associação Cultural Vaivém com o apoio do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, da Embaixada de Portugal em Bogotá, da Fundação Calouste Gulbenkian - Lisboa e do Malba (Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires).

Pelo quarto ano consecutivo, será exibida uma cuidadosa seleção do melhor e mais representativo da dinâmica produção cinematográfica portuguesa, numa programação dividida em três pilares.

Por um lado, propõe uma releitura da história e dedica um espaço ao pós-colonialismo, conceito que reage à crua colonização portuguesa, à época, imperialista, de alguns países do continente africano. A visão é reivindicada e assumida a partir da periferia e, com firmeza, o centro é qualificado em cada um dos filmes que compõem este olhar: Djon Africa, de Filipa Reis e João Miller Guerra, Spell Reel, de Filipa César e Our Madness, de João Viana.

O segundo foco é dedicado a um dos realizadores mais especiais da história do cinema português contemporâneo, João Pedro Rodrigues. Nesta secção serão exibidos o inesquecível e intemporal Morrer como um homem, O Ornitólogo e um conjunto de três curtas-metragens Iec Long, Mahjong e Manhã de Santo António.

Por fim, a seção Panorama terá a natureza e a fé como protagonistas principais. Ama-San de Cláudia Varejão, Fátima de João Canijo e Terra Franca, a obra-prima de Leonor Teles, testemunham essa forma lusitana em que se desafia a convenção: o documentário fala como se fosse ficção e vice-versa.

Nesta quarta edição, os filmes entrelaçados tecem um cenário humanista de busca e resistência, tingido por essa espessa e contundente beleza da inquietação que caracteriza o cinema português.

 

PROGRAMAÇÃO

 

Foco Pós-colonialismo

 - Djon Africa, de Filipa Reis, João Miller Guerra (96 min.)

1 de novembro, 7 p.m., Sala Capital (*Inauguração da 4ª Semana de Cinema Português)

- Spell Reel, de Filipa César (96 min.)

3 de novembro, 3 p.m., Sala Capital

- Our Madness, de João Viana (90 min.)

4 de novembro, 7 p.m., Sala 3 

 

Foco João Pedro Rodrigues 

- Morrer como um homem (134 min.)

2 de novembro, 3 p.m., Sala Capital

- O Ornitólogo (118 min)

3 de novembro, 6 p.m., Sala Capital

- Programa de curtas metragens (84 min.)

4 de novembro, 1 p.m., Sala 3

 

Foco Panorama

- Fátima, de João Canijo (153 min.)

4 de novembro, 3 p.m., Sala Capital

- Terra Franca, de Leonor Teles (80 min.)

6 de novembro, 3 p.m., Sala Capital

- Ama-San, de Cláudia Varejão (113 min.)

6 de novembro, 1 p.m., Sala 3

  • Partilhe